DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos
acesso restrito

Acesso restrito
FacebookTwitterContatoYoutubeGoogle+Google Maps



Notícias


Dia do Basta!
Data de publicação:07/08/2018

As Centrais Sindicais CSB, CSP-Conlutas, CTB, CUT, Força Sindical, Intersindical, NCST e UGT organizam para a próxima sexta-feira, 10 de agosto, o Dia do Basta.

Estão programados para esse dia atos de protesto, paralisações, atrasos de turnos, concentrações e manifestações com o objetivo de demonstrar a insatisfação coletiva contra: o desemprego, a queda do poder de compra, a retirada e o rebaixamento de direitos, a reforma trabalhista, a terceirização, a proposta de reforma da previdência.

Um desses atos ocorrerá em São Paulo, às 10h, em frente à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na Avenida Paulista.

Dia do Basta! - Para acompanhar as atualizações das mobilizações e paralisações, marque 'tenho interesse', no evento do Facebook.


Encontro Nacional do Jovem Saber
Data de publicação:07/08/2018

O diretor técnico do DIEESE, Clemente Ganz Lúcio, participou, em 1º de agosto, do Encontro Nacional do Jovem Saber. O evento, promovido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), foi realizado entre 1º e 3 de agosto, em Brasília, e reuniu cerca de 300 jovens dirigentes sindicais das 27 Unidades da Federação.

No primeiro dia, Clemente; o presidente da Contag, Aristides Santos; e a secretária de Jovens da Contag, Mônica Bufon, debateram sobre a atual situação do país e suas consequências sobre a juventude. A atividade teve como objetivo refletir sobre a importância da atuação dos jovens na luta por resistência e mudança do cenário de retrocessos.


Atividades sindicais e outras
Data de publicação:07/08/2018

Amazonas

Bahia

Ceará

Distrito Federal

Espírito Santo

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

São Paulo


DIEESE: novos produtos e outra etapa da campanha de fortalecimento
Data de publicação:31/07/2018

A Reforma Trabalhista impôs mais dificuldades aos trabalhadores e ao movimento sindical, além de afetar também a negociação coletiva. Para tentar auxiliar os dirigentes com os novos desafios, alguns ainda desconhecidos, o DIEESE tem trabalhado para dar respostas mais ágeis a algumas questões. A instituição lançou recentemente dois produtos: o Cadernos de Negociação e o aplicativo Negociando.

Cadernos de Negociação é um boletim que traz os principais indicadores de mercado de trabalho e preços, informações sobre greves e, para mostrar como a Reforma Trabalhista tem afetado as negociações, apresenta ainda levantamentos e análises de cláusulas de acordos e convenções coletivas. A publicação é mensal e é enviada por e-mail somente às entidades filiadas ao DIEESE.

O Negociando é um aplicativo fácil de usar, com calculadoras de perda salarial, abono, benefícios, exemplos de cláusulas trabalhistas, valores de pisos regionais, entre outros assuntos que interessam a quem negocia. Está disponível para IOS, na App Store, e Android, na Google Play. Em breve, será um serviço fornecido unicamente para os filiados.

Reestruturação - O DIEESE, como as demais entidades do movimento sindical, vem passando por uma reestruturação, e visa, na mudança, intensificar o trabalho de assessoria.

No ano passado, a entidade deu início a uma campanha para a constituição de um fundo de fortalecimento institucional. O público-alvo são entidades sindicais filiadas, não sócias e pessoas físicas ou jurídicas que compartilhem dos mesmos valores e visão.

A campanha acaba de entrar em nova etapa, com a participação de grandes entidades sindicais na busca por recursos para o DIEESE. O objetivo é garantir a sustentabilidade da instituição e permitir a intensificação dos trabalhos de assessoria às entidades sindicais, nesse momento em que direitos dos trabalhadores e a organização sindical estão ameaçados.


Dia Nacional de Mobilização e Paralisações
Data de publicação:31/07/2018

As Centrais Sindicais organizam para o próximo 10/08 o Dia do Basta, uma data nacional para mobilização e paralisações de várias categorias. As atividades serão um momento em que os trabalhadores poderão mostrar, conjuntamente, a insatisfação contra o desemprego, a queda na renda, a retirada e o rebaixamento de direitos, com a reforma trabalhista e a terceirização irrestrita, a proposta de reforma da previdência e outros temas. Os protestos reivindicarão a retomada do crescimento, com desenvolvimento e inclusão social.

A ideia é promover atos, paralisações, atrasos de turno etc. e concentrações e manifestações em várias localidades.

Em São Paulo, há um ato marcado para a frente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) às 10h.

Organização - Na última quarta, 25/07, representantes das Centrais e de outras entidades sindicais estiveram reunidos na sede do DIEESE, discutindo as mobilizações.


Conferência internacional debate greves e conflitos sociais
Data de publicação:31/07/2018

O levantamento que o DIEESE faz sobre as greves foi tema de uma das mesas da IV Conferência Internacional Greves e Conflitos Sociais. O evento foi promovido pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo, pela Universidade de Campinas (Unicamp) e a Strikes and Social Conflicts - International Association (Associação Internacional Greves e Conflitos Sociais), de 10 a 13 de julho, em São Paulo. A atividade teve como tema Crises do capitalismo, novas e velhas formas de protesto.

Em 12 de julho, a coordenadora de pesquisas e tecnologia, Patrícia Pelatieri, conduziu a mesa A contribuição do banco de dados do DIEESE para a análise das greves no Brasil. O técnico Rodrigo Linhares, do Sistema de Acompanhamento de Greves (SAG), apresentou informações sobre as greves mais recentes realizadas no país. As técnicas Adriana Marcolino, da Subseção da CUT Nacional, e Thamires Silva, da Escola DIEESE, falaram sobre trabalhos que realizaram com base nas informações do banco de dados. Adriana apresentou estudo sobre greves entre trabalhadores terceirizados e Thamires, por bancários e químicos.

A atividade contou com a presença de 15 pessoas, entre pesquisadores, professores e estudantes. O supervisor técnico do Sistema de Acompanhamento de Informações Sindicais (Sais), Luís Ribeiro, e o técnico Carlindo Rodrigues de Oliveira, da Escola DIEESE, participaram do evento.

No mesmo dia, Carlindo participou da mesa As lutas dos trabalhadores em período de contrarreformas no Brasil e na Argentina. Na ocasião, apresentou o trabalho Greve e negociação coletiva: do confronto à conciliação?


Atividades sindicais e outras
Data de publicação:31/07/2018

Pernambuco

Santa Catarina

São Paulo